CÍRCULOS DE CULTURA NO RETÂNGULO DA TELA DO COMPUTADOR

desafios de um período pandêmico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v16i2.64669

Palavras-chave:

Círculo de Cultura, Paulo Freire, Extensão Universitária, Educação de Jovens e Adultos

Resumo

O presente trabalho tem como foco o desenvolvimento de ação de Extensão Universitária realizada na forma remota, durante a pandemia. O objetivo é apresentar elementos para reflexão sobre as práticas curriculares neste período, destacando os limites e as possibilidades dos recursos tecnológicos. Como objeto de reflexão, foram utilizados os “Círculos de Cultura”, que buscaram aprofundar conceitos desenvolvidos por Paulo Freire. Nos registros de caderno de campo, em formulários e atas, buscou-se identificar elementos para o desenvolvimento dessa produção reflexiva. Destacamos como obstáculos a desigualdade social existente em nosso país, que impediu o acesso de parcela da população aos recursos digitais. Por outro lado, destacamos como possibilidade a interlocução com sujeitos de diferentes partes do país, a partilha de experiências e materiais. Consideramos que essa ação remota pode se integrar como atividade complementar a ações extensionistas presenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Paula Abreu Moura, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Doutora em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Midian Lena Pereira Pressato, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Isabela Pereira Bráz, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Graduanda em Pedagogia pela  Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Referências

BAGNO, Marcos. Preconceito linguístico: o que é, como se faz. 31. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução de Paulo Bezerra. 2ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Círculo de Cultura In: STRECK, Danilo, R.; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime José (orgs.) 2 ed. Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. p. 69-70.

BONDÍA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista brasileira de educação, n. 19, p. 20-28, 2002.

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em Língua Materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004. (Coleção Linguagem, n. 4).

CENTRO REGIONAL DE ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO. Pesquisa TIC Domicílios 2019: principais resultados. 2019. Disponível em: https://cetic.br/media/analises/tic_domicilios_2019_coletiva_imprensa.pdf. Acesso em: 16 set. 2021.

COSTA, Ana Paula da; CAPUTI, Lesliane; SILVA, Tiago Tabosa da. A educação superior e a pesquisa em risco: grupos de pesquisa e produção de conhecimento em tempos de pandemia da COVID-19. Revista Serviço Social Em Perspectiva, 5(02), 84–105, 2021.

LEITE, Sérgio Antônio da Silva; GAZOLI, Daniela Gobbo Donadon. Afetividade no processo de alfabetização de jovens e adultos. EJA em Debate, v. 1, n. 1, p. 79, 2012. Disponível em https://periodicos.ifsc.edu.br/index.php/EJA/article/view/977. Acesso em: 25 out.2022.

FÓRUM DE PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS. Política Nacional de Extensão Universitária. Manaus: FORPROEX, 2012. Disponível em: https://proex.ufsc.br/files/2016/04/Pol%C3%ADtica-Nacional-de-Extens%C3%A3o-Universit%C3%A1ria-e-book.pdf. Acesso em: 9 set. 2022.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? 15 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 9. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

FREIRE. P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 37.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se complementam. 23. ed. São Paulo: Cortez Editora, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth. Apresentação: Uma alternativa às políticas curriculares centralizadas. Roteiro, [S. l.], v. 46, p. e27181, 2021. Disponível em: https://periodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/27181. Acesso em: 20 out. 2022.

MOREIRA, Antônio Flávio. Currículo, Diálogos e Práticas Pedagógicas. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v.17, n 50, p. 30-39, 2020. Disponível em http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/viewFile/8428/47967199. Acesso em: 19 out.2022

MOREIRA, Wanderson Carneiro et al. Adoecimento mental na população geral e profissionais de saúde durante a pandemia da covid-19: revisão sistemática. ScieloPreprints. 689 [Preprint], 2021.

MOURA, Ana Paula Abreu. Lutas, resistências e possibilidades: Paulo Freire e o ato educativo. In: FONTOURA, Helena Amaral da et al. (orgs). Diálogos com Paulo Freire -100 anos: reflexões freireanas em tempos de (pós)pandemia. Rio de Janeiro, Nau Editora, 2021. Disponível em: https://naueditora.com.br/ebook_gratuito/dialogos-com-paulo-freire-100anos%e2%80%89%e2%80%89reflexoes-freirianas-em-tempos-depospandemia%e2%80%89/. Acesso em: 19 out.2022

WEFFORT, Francisco C. Reflexões sociológicas sobre pedagogia da liberdade In: FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

Downloads

Publicado

10-02-2023

Como Citar

MOURA, A. P. A.; PRESSATO, M. L. P.; BRÁZ, I. P. CÍRCULOS DE CULTURA NO RETÂNGULO DA TELA DO COMPUTADOR: desafios de um período pandêmico. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 1–14, 2023. DOI: 10.15687/rec.v16i2.64669. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/64669. Acesso em: 19 maio. 2024.