PROPOSTA DIDÁTICA PARA O POVO KANELA/MEMORTURÉ

abordagem interdisciplinar a partir de um tema gerador do componente curricular Língua Portuguesa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v16i1.65481

Palavras-chave:

Escola indíena. Currículo. Interdisciplinaridade.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir o documento curricular da educação escolar indígena e também apresentar uma proposta pedagógica para o ensino na aldeia Escalvado do povo Kanela/memortunré, (MA). A partir do componente curricular Língua Portuguesa e da utilização dos temas geradores/contextuais propostos na pedagogia de Paulo Freire(1976,1978), e  Pimentel da Silva (2018, 2019,2020). Trata-se de um trabalho analítico descritivo desenvolvido por meio da pesquisa ação, com abordagem qualitativa.  Para isso será feita uma reflexão/discussão  sobre o tipo de bilinguismo presente no processo de escolarização do povo Kanela/Memortumré, e do espaço da língua portuguesa nesse ensino, apontando alguns encaminhamentos para a prática do bilinguismo epistêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Solange Maria Pereira da Silva, Universidade Federal da Paraíba, Brasil.

Graduação emLetras - Português pela Universidade Estadual do Piauí, Mestranda em Linguística e Ensino pela Universidade Federal da Paraíba e Professora da Rede Estadual de Ensino do Governo do Estado do Maranhão.

Tiago de Aguiar Rodrigues, Universidade Federal da Paraíba, Brasil.

Doutor em Linguística da Universidade de Brasília e Professor da Universidade Federal da Paraíba.

Referências

SANTOS, Lilian Abram dos. Pedagogia da contextualização e interculturalidade na formação de professores indígenas: entrevista com Maria do Socorro Pimentel da Silva. Tellus, (42), 305–322, 2020. DOI: https://doi.org/10.20435/tellus.v0i42.681. Acesso em: 11 nov 2022.

ALBUQUERQUE, Francisco Edviges. A educação escolar Apinayé na perspectiva bilíngue e intercultural. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 8, n. 1, 31 dez. 2011.

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Manual de sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003 [1979]. Tradução: Paulo Bezerra.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

CALVET, Loiuis-Jean. As Políticas Linguísticas. São Paulo: Parábola, IPOL, 2007

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

GERALDI, João Wanderley. O ensino de língua portuguesa e a Base Nacional Comum Curricular. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 9, n. 17, p. 381-396, jul./dez. 2015. Disponível em: < https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/587. Acesso em: 11 nov 2022.

HISSA, Débora Liberato Arruda, SOUSA. Nágila. A Pedagogia dos Multiletramentos e a BNCC de Língua Portuguesa: diálogos entre textos. Revista (Con)Textos Linguísticos, Vitória, v. 14, n. 29, p. 565-583, 2020 | e-ISSN 1982-291X | ISSN 2317-3475

LIMA, Antônio Carlos Santos de; SOUTO MAIOR, Rita de Cássia. Responsividade e Discursos Envolventes: observando o ensino e aprendizagem de Língua Portuguesa. Eutomia, V.01, N.9, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/EUTOMIA/article/view/957. Acesso em: 11 nov 2022.

PIMENTEL-DA-SILVA. Maria do Socorro. Políticas de Retomada de Línguas Indígenas em Diferentes Contextos Epistêmicos. Dossiê Práticas de bem viver: diálogos possíveis entre o Núcleo Takinahakỹ e Milpas Educativas Revista Articulando e Const. Saberes, 2018, v.4: DOI:10.5216/racs.v4.59089.

SIMAS, Hellen Picanço Simas. PEREIRA, Regina Celi Mendes Pereira. Política Linguística Nacional na Escola Yanomami. Revista do GELNE, Natal/RN, Vol. 18 - Número 1: 23-50. 2016

MARANHÃO. Documento curricular do território maranhense: Ensino Médio/Maranhão. São Luís: Secretaria de Estado da Educação, 2022.

MARANHÃO. Lei nº 11.638, de 23 de dezembro de 2021. Estatuto Estadual dos Povos Indígenas e cria o Sistema Estadual de Proteção aos Indígenas. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=425627.

WALSH, Catherine. Interculturalidad, estado, sociedad: luchas (de)coloniales de nuestra época. Primera edición. Universidad Andina Simon Bolivar / Ediciones Abya-Yala, Quito, 2009.

Downloads

Publicado

29-03-2023

Como Citar

SILVA, S. M. P. da .; RODRIGUES, T. de A. . PROPOSTA DIDÁTICA PARA O POVO KANELA/MEMORTURÉ: abordagem interdisciplinar a partir de um tema gerador do componente curricular Língua Portuguesa. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 1–16, 2023. DOI: 10.15687/rec.v16i1.65481. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/65481. Acesso em: 19 jul. 2024.