EDUCAÇÃO, ÉTICA ANIMAL E AMBIENTAL

destituindo o paradigma antropocêntrico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2018v3n11.40557

Palavras-chave:

Educação, Especismo, Empatia

Resumo

Este artigo pretende defender a urgência de promovermos uma revisão ampla do viés antropocêntrico que tem marcado os conteúdos programáticos das diversas disciplinas oferecidas nas escolas brasileiras, nos mais diversos segmentos. Nesse sentido, aposta em uma reflexão acerca da fundamentação ética sobre como os animais não-humanos vem sendo apresentados nos diversos espaços formais de ensino. Creditamos que a consolidação do debate ambiental entorno de temas como lixo, poluição, saúde e conservação de espécies reitera o antropocentrismo e contribui para a inviabilização de demandas próprias aos animais e ao meio ambiente. Trata-se, assim, de conduzir o debate a um novo paradigma, qual seja: a busca por uma forma de educação não-especista. Para isso, pretendemos, em primeiro lugar, apresentar conceitos básicos convergentes da ética animal e ambiental, de modo a podermos identificar a questão relativa ao valor relacional presente no debate ambiental. A partir de um olhar diferenciado sobre o lugar dos animais e do meio-ambiente, pretendemos defender uma proposta pedagógica que assuma o papel de questionar as diversas formas de injustiças cometidas contra animais e meio ambiente e, ao mesmo tempo, apresentar a noção de capacidade imaginativa, capaz de estimular os indivíduos a refletirem sobre a relação humano-meio ambiente e humano-animal de forma mais empática, através da mobilização de recursos visuais, tais como filmes e fotografias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fabio Alves Gomes Oliveira, Universidade Federal Fluminense, Brasil.

Doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Professor Adjunto de Filosofia da Educação da Universidade Federal Fluminense.

Maria Clara Dias, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Doutora em Filosofia pela Freie Universitat Berlin e Professora Titular de Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Referências

ADAMS, Carol, GRUEN, Lori. (ed.) Ecofeminism: Feminist Intersections with Other Animals and the Earth. Bloomsbury Academic, 2014

DIAS, Maria Clara. (org.) A Perspectiva dos funcionamentos: por uma abordagem moral mais inclusiva. Rio de Janeiro: Editora Pirilampo, 2015.

___. Ensaios sobre a Moralidade. Rio de Janeiro: Editora Pirilampo, 2016.

___. Sobre Nós: expandindo as fronteiras da moralidade. Rio de Janeiro: Editora Pirilampo, 2016b.

DIAS, Maria Clara; OLIVEIRA, Fabio Alves Gomes. (org.) Ética Animal: Um Novo Tempo. Rio de Janeiro: Editora Livros Ilimitados, 2018.

GILLIGAN, Carol. A Different Voice: Psychological Theory and Women’s Development. Cambridge M.A: Harvard University Press, 1982

.

HORTA, Oscar. El antropocentrismo y el argumento de los vínculos emocionales, em Dilemata, n. 1, 2009, pp 1-13.

PLUMWOOD, Val. Feminism and the Mastery of Nature. London-NY, Routledge, 1993.

PULEO, Alicia. Libertad, igualdad, sostenibilidad. Por un ecofeminismo ilustrado. Isegoría. Revista de Filosofía Moral y Política, 38, 2008: 39-59.

___. Ecofeminismo para otro mundo posible. Madrid, Cátedra, 2011.

KANT, Immanuel. Grundlegung zur Metaphysik der Sitten. Werke, Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1968.

REGAN, Tom. Animal Rights and Environmental Ethics. In: BERGANDI, Donato. The structural links between ecology, evolution, and ethics: the virtuous epistemic circle. Bioscience, Oxford University Press (OUP), 2014, 64 (3). pp.117-126.

REGAN, Tom. The Case for Animal Rights. In: SINGER, Peter (ed.). Defense of Animals. Blackwell, 1985.

SINGER, P. Libertação Animal. Trad. MarlyWinckler, ed Lugano, Porto Alegre, São Paulo, 2004.

___. Practical Ethics, Cambridge: Cambridge University Press e Williams, 1993.

WARREN, Karen. Ecofeminist Philosophy. A Western Perspective on What it is and Why it Matters. Oxford, Rowman and Littlefield, 2000.

MOORE, Adrian William (eds.) The Human Prejudice in Bernard Williams, Philosophy as a Humanistic Discipline, Princeton: Princeton University Press, 2006.

Downloads

Publicado

31-12-2018

Como Citar

OLIVEIRA, F. A. G.; DIAS, M. C. EDUCAÇÃO, ÉTICA ANIMAL E AMBIENTAL: destituindo o paradigma antropocêntrico. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 3, n. 11, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2018v3n11.40557. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/ufpb.1983-1579.2018v3n11.40557. Acesso em: 18 jul. 2024.