PROFESSORES, BNCC E CONSTRUÇÃO DE CURRÍCULO NA CULTURA DIGITAL

Palavras-chave: Currículo. Currículo na Cultura Digital. Construção de currículo por professores. Reforma curricular. BNCC

Resumo

Neste artigo, apresentamos a revisão sistemática realizada para a composição da pesquisa sobre as “vozes” dos professores na construção de currículo com base na cultura digital. A pesquisa se contextualiza na reforma curricular que institui a Base Nacional Comum Curricular e dialoga com Sacristán, Bardin e Romanowski para o constructo da análise. Na pesquisa, utilizamos a abordagem quantitativa, tendo como critério a seleção de publicações da temática e abordagem qualitativa, para a análise de conteúdo do material selecionado. Concluímos que os movimentos de reformas curriculares no Brasil e as demandas resultantes dessas mudanças, como as transformações socioculturais frente aos avanços da valorização do professor enquanto intelectual transformador encontram-se distantes da realidade vivida. Por fim, apontamos a necessidade do reconhecimento das vozes dos educadores na construção dos currículos oficiais e a necessidade imanente da discussão sobre o currículo na cultura digital.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Araujo dos Santos Oliveira
Professora do Centro de Educação a Distância na Universidade do Estado de Santa Catarina. E-mail: ednaaoliv@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-9292-9914.
Roseli Zen Cerny, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Professora no Programa de Pós Graduação em Educação na Universidade Federal de Santa Catarina. E-mail: rosezencerny@gmail.com. ORCID:http://orcid.org/0000-0001-7882-8551

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BUSQUINI. J. A. A proposta curricular do Estado de São Paulo de 2008: discurso, participação e prática dos professores de matemática. 2013 Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

BARROS, Aline P. Currículo em ação e educação infantil: análise comparativa sobre concepções e práticas de professoras de duas realidades socioeconômicas diversas. Dissertação (Mestrado). Pontifícia Universiade Católica. São Paulo. 2013.

(Autora 1). O currículo na cultura digital: impressões de autores de materiais didáticos para formação de professores. Revista Educação Pública. V.25 – nº9. Pg. 341-353. Cuiabá, 2016.

FREITAS, Luiz Carlos. Os reformadores empresariais da educação e a disputa pelo controle do processo pedagógico na escola. Educ. Soc., Campinas, v. 35, nº. 129, p. 1085-1114, out.-dez, 2014.

GIMENO SACRISTÁN, J. Currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed, 1998.

GONTIJO, Aldriana Azevedo. O lugar do currículo no Conselho de Classe. Brasília, 2015. Dissertação (Mestrado). Universidade de Brasília – UNB.

GRANKA, Tânia de Assis. Construção do Currículo Escolar: a produção de sentidos de professores e alunos sobre a prática pedagógica no cotidiano da escola da Baixada Fluminense. Tese (doutorado). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

INGLES, Maria Amélia. ANTOSZCZYSZEN, Samuel. SEMKIV ,Silvia I. A. Lopes. OLIVEIRA, Jáima Pinheiro. Revisão Sistemática Acerca das Políticas de Educação Inclusiva para a Formação de Professores. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 20, n. 3, p. 461-478, Jul.-Set., 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbee/v20n3/10.pdf Acesso em outubro de 2017.

KOBASHIGAWA, Mutso-Ko. Paramêtros Curriculares Nacionais de Matemática para o Ensino Fundamental: das prescrições ao currículo praticado pelos professores. Dissertação (Mestrado). Pontifícia Universiade Católica. São Paulo. 2006.

MORAES. Bianca Soares. Materiais didáticos como 'inovações' curriculares: entre saberes docentes e 'tradições' da Disciplina Escolar Ciências. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

NODA, Marisa. GALUSH, Maria Terezinha Bellanda.Currículos Escolares: A Participação Do Professor Na Elaboração Das Diretrizes Curriculares Da Educação Básica Do Estado Do Paraná – História. Imagens da Educação,v. 7, n. 1 (2017). Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ImagensEduc/article/view/34006 Acesso em 28/02/2018.

PONCE, Branca J. SILVA, Flávia R. A Participação Dos Professores Na Construção Dos Documentos Curriculares Do Município De São Paulo: Uma Questão Inerente À Prática Docente. XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino - UNICAMP - Campinas – 2012. Disponível em: http://www.infoteca.inf.br/endipe/smarty/templates/arquivos_template/upload_arquivos/acervo/docs/2252c.pdf Acesso em: 27/02/2018

PONTUAL, P. de C. Construindo uma pedagogia democrática do poder. La Piragua: Revista Latino Americana de Educación y Política, Santiago: CEAAL, n. 11, p. 25- 35, 1995.

RIBEIRO, Mayra Rodrigues Fernandes. A sala de aula no contexto da cibercultura: formação docente e discente em atos de currículo. Tese (doutorado) Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2015.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte”. Diálogos Educacionais, v. 6, n. 6, p. 37–50, 2006.

RUBIO, Ana Claudia P. Tecnologias digitais de rede, integração curricular e práticas culturais de professores do final do ensino fundamental. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Mato Grosso,2017.

SANTOS, Vanice S. Pereira. A construção do currículo mínimo de sociologia no estado do Rio De Janeiro. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

SILVA, Edenir Pereira da. O currículo escolar na perspectiva dos(as) alunos(as) do 9º ano do Ensino Fundamental. Dissertação (Mestrado) Universidade Católica Dom Bosco. Campo Grande, 2017.

SILVA(a), Fabiany de Cassia Tavares. Estudo De Documentos Curriculares Locais E Suas Implicações Para Construção Da Diferenciação/Flexibilização Curricular. Revista e-curriculum, São Paulo, v.8 n.2 AGOSTO 2012 .Discponivel em; http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum Acesso em 26/02/2018.

Publicado
2019-10-03
Como Citar
OLIVEIRA, E. A. DOS S.; CERNY, R. Z. PROFESSORES, BNCC E CONSTRUÇÃO DE CURRÍCULO NA CULTURA DIGITAL. Revista Espaço do Currículo, v. 12, n. 3, 3 out. 2019.