“DIVERSIDADE CULTURAL E CRIATIVIDADE”

debatendo seu espaço no currículo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13nEspecial.54549

Palavras-chave:

Diversidade cultural, Criatividade, Currículo, UNESCO

Resumo

Motivado pela proximidade dos 20 anos da promulgação da Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural da UNESCO, o objetivo do presente trabalho foi apontar caminhos para fortalecer a promoção da diversidade por meio da valorização da criatividade, tendo o debate curricular como nosso eixo. Essa ênfase temática advém do terceiro princípio da Declaração, intitulada “Diversidade e Criatividade”. Ressaltamos a força deste princípio para se pensar as complexas formações e relações sociais que se desenham na contemporaneidade, assim como sua potência para dialogar com a criatividade e desafiar estereótipos e preconceitos. Fundamentamos nosso pensamento a partir dos aportes de estudos da diversidade cultural, da criatividade e do currículo. Defendemos o fortalecimento do debate sobre uma educação cada vez mais vocacionada para acolher a diversidade cultural por meio de práticas educacionais criativas, assim como projetos curriculares que as apoiem e legitimem. Finalizamos com reflexões sobre a necessidade de se ampliar os estudos sobre essa questão, assim como sinalizamos o protagonismo da educação e de seus atores para propiciar avanços reais nesse campo.

Palavras-chave: Diversidade cultural. Criatividade. Currículo. UNESCO.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Vitória Maia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e professora Associada da Universidade Federal do Rio de Janiero em Psicologia da Educação.

Edson Miyata, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Doutorando em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pesquisador-tecnologista em Metrologia e Qualidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia e professor dos cursos de MBA e de graduação da Universidade Estácio de Sá.

Referências

ALENCAR, Eunice Maria Lima de Soriano; FLEITH, Denise de Souza; BORUCHOVITCH, Evely; BORGES, Clarissa Nogueira. Criatividade no Ensino Fundamental: fatores inibidores e facilitadores segundo gestores educacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 31, n. 1, p. 105-114, jan./mar. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ptp/v31n1/0102-3772-ptp-31-01-0105.pdf. Acesso em: 27 jul. 2020.

AZEVEDO, Samara Moço; ANDRÉ, Bianka Pires. Pedagogia e diversidade cultural: diretrizes para uma nova formação. Laplage em Revista, Sorocaba, v. 6, n. 1, p.34-46, fev. 2020. Disponível em: https://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/718. Acesso em: 28 jul. 2020.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Alguns passos no caminho de uma outra educação. In: FRANZIM, Raquel; LOVATO, Antonio Sagrado; BASSI, Flavio (Org.) Criatividade – mudar a educação, transformar o mundo. São Paulo: Ashoka/Instituto Alana, 2019, p. 18-27. E-book (171 p.). ISBN: 978-85-99848-32-6. Disponível em: https://escolastransformadoras.com.br/materiais/criatividade-educacao-mundo/. Acesso em: 27 jul. 2020.

CASALI, Alípio. Direitos humanos e diversidade cultural: implicações curriculares. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 27, n. 65/2, p. 549-572, maio/ago. 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/6883. Acesso em: 27 jul. 2020.

ÇELIK, Pinar; STORME, Martin; FORTHMANN, Boris. A new perspective on the link between multiculturalism and creativity: the relationship between core value diversity and divergent thinking. Learning and Individual Differences, v. 52, 188–196, 2016. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1041608016300127. Acesso em: 27 jul. 2020.

DIAS, Elaine Teresinha Dal Mas; NETO, João Clemente de Souza. Diversidade cultural no espaço escolar: implicações no ensino, na aprendizagem e nos processos de subjetivação. EccoS Revista Científica, São Paulo, n. 48, p. 51-70, jan./mar. 2019. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=eccos&page=article&op=view&path%5B%5D=12380. Acesso em: 29 jul. 2020.

EYNG, Ana Maria; MOTA, Glaucio Luiz; PINTO, Mônica Luiza Simião; SEHN, Cleumir. The right to diversity in the route of interculturality in the school curriculum. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v.26, n. 99, p. 373-396, abr./jun. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ensaio/v26n99/1809-4465-ensaio-S0104-40362018002601412.pdf. Acesso em: 29 jul. 2020.

FERNÁNDEZ, Alicia. O saber em jogo: a psicopedagogia propiciando autorias de pensamento. Porto Alegre: Artmed, 2001a.

FERNÁNDEZ, Alicia. Os idiomas do aprendente: análise das modalidades ensinantes com famílias, escolas e meios de comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2001b.

FREUD, Sigmund. Obras psicológicas completas de Sigmund Freud: edição standard brasileira. 2. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1987.

GOCŁOWSKA, Małgorzata; CRISP, Richard. On counter-stereotypes and creative cognition: when interventions for reducing prejudice can boost divergent thinking. Thinking Skills and Creativity, v. 8, 72–79, 2013. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S187118711200048X. Acesso em: 27 jul. 2020.

GOCŁOWSKA, Małgorzata; DAMIAN, Rodica Ioana; MOR, Shira. The diversifying experience model: taking a broader conceptual view of the multiculturalism–creativity link. Journal of Cross-Cultural Psychology, v. 49, n. 2, p. 303–322, 2018. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/0022022116650258. Acesso em: 27 jul. 2020.

GUILFORD, Joy Paul. Creativity. American Psychologist, v. 5, n. 9, p. 444–454, 1950.

INGLIS, Christine. Planning for cultural diversity. Paris: UNESCO, 2008. E-book (177 p.). ISBN: 978-92-803-1311-6. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000159778. Acesso em: 30 jul. 2020.

IVENICKI, Ana. Multiculturalismo e formação de professores: dimensões, possibilidades e desafios na contemporaneidade. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 26, n. 100, p. 1151-1167, jul. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362018000301151&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 28 jul. 2020.

IVENICKI, Ana. Perspectivas multiculturais para o currículo de formação docente antirracista. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 32, p. 30-45, mai. 2020. Disponível em: https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/890. Acesso em: 28 jul. 2020.

LI, Ci-Rong; LIN, Chen-Ju; TIEN, Yun-Hsiang; CHEN, Chien-Ming. A multilevel model of team cultural diversity and creativity: the role of climate for inclusion. Journal of Creative Behavior, v. 51, n. 2, p. 163–179, jun. 2015. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/epdf/10.1002/jocb.93. Acesso em: 27 jul. 2020.

MENDES, Rodrigo. Criatividade: potente catalisador para a inclusão escolar. In: FRANZIM, Raquel; LOVATO, Antonio Sagrado; BASSI, Flavio (Org.) Criatividade – mudar a educação, transformar o mundo. São Paulo: Ashoka/Instituto Alana, 2019, p. 28-35. E-book (171 p.). ISBN: 978-85-99848-32-6. Disponível em: https://escolastransformadoras.com.br/materiais/criatividade-educacao-mundo/. Acesso em: 27 jul. 2020.

MUNIZ, Luciana Soares; MITJÁNS MARTINEZ, Albertina. A expressão da criatividade na aprendizagem da leitura e da escrita: um estudo de caso. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. 4, p. 1039-1054, dez. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022015000401039&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 jul. 2020.

NEVES-PEREIRA, Mônica Souza; BRANCO, Angela Uchoa. Criatividade na educação infantil: contribuições da psicologia cultural para a investigação de concepções e práticas de educadores. Estudos de Psicologia, Natal, v. 20, n. 3, p. 161-172, set. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2015000300161&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 30 jul. 2020.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA (UNESCO). Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural. Paris: UNESCO, 2001. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000127160. Acesso em: 27 jul. 2020.

ORLANDI, Eni. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1990.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. Petrópolis: Vozes, 2012.

PAÍN, Sara. Subjetividade e objetividade – relação entre desejo e conhecimento. Petrópolis: Vozes, 2009.

PAULA, Gislene C.; MAIA, Maria Vitória C. M. . Reflexões sobre a representatividade de casais homoafetivos na animação She-Ra e as Princesas do Poder. In: MAIA, Maria Vitoria Campos Mamede; VIEIRA, Camila Nagem. (Org.). O processo criativo na prática docente volume 2. 1ed.Rio de Janeiro: WAK EDITORA, 2020, v. 2, p. 135-147.

SACRISTÁN, José Gimeno. O currículo: reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

SANTOS, Marcio Antonio Raiol dos; BRANDÃO, Pedro Paulo Souza. Base Nacional Comum Curricular e currículo da Educação Física: qual o lugar da diversidade cultural? Horizontes, Itatiba, v. 36, n. 1, p. 105-118, jan./abr. 2018. Disponível em: https://revistahorizontes.usf.edu.br/horizontes/article/view/593. Acesso em: 30 jul. 2020.

SILVA, Rodrigo Manoel Dias da. Educação, identidades e diversidades: uma análise da Declaração Universal sobre Diversidade Cultural. Quaestio, Sorocaba, v. 17, n. 2, p. 371-385, nov. 2015. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/quaestio/article/view/2395. Acesso em: 27 jul. 2020.

SILVA, Sthefane Alicia de Oliveira. Diante dos meus olhos - um trator em forma de mãos: a autoria do pensamento sendo (des)criada – o relato de uma experiência. 2015. 11 p. Trabalho Acadêmico (Artigo) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2015.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SILVA JUNIOR, Paulo Melgaço; IVENICKI, Ana; MAIA, Maria Vitória C. M. Homens por vir: reflexões sobre o processo de construção das masculinidades na Educação Infantil a partir de jogos e brincadeiras. In: MAIA, Maria Vitoria Campos Mamede; VIEIRA, Camila Nagem. (Org.). O processo criativo na prática docente volume 2. 1ed.Rio de Janeiro: WAK EDITORA, 2020, v. 2, p. 109-134.

SILVA JUNIOR, P. M.; AGUIAR, J.; MAIA, Maria Vitória C. M.. Por um cotidiano escolar transgressivo: quando corpos trans interrogam as práticas curriculares. In: MAIA, Maria Vitoria Campos Mamede; VIEIRA, Camila Nagem. (Org.). O processo criativo na prática docente - volume 2. 1ed.Rio de Janeiro: WAK EDITORA, 2020, v. 2, p. 149-182.

VEZZALI, Loris; GOCŁOWSKA, Małgorzata; CRISP, Richard; STATHI, Sofia. On the relationship between cultural diversity and creativity in education: the moderating role of communal versus divisional mindset. Thinking Skills and Creativity, v. 21, p. 152-157, set. 2016. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1871187116300499?via%3Dihub. Acesso em: 27 jul. 2020.

WINNICOTT, Donald. O brincar & a realidade. Rio de Janeiro: Imago, 1975.

Downloads

Publicado

2020-12-11

Como Citar

MAIA, M. V.; MIYATA, E. “DIVERSIDADE CULTURAL E CRIATIVIDADE”: debatendo seu espaço no currículo. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 13, n. Especial, p. 909–922, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13nEspecial.54549. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/54549. Acesso em: 22 set. 2021.