O CURRÍCULO EM CONTEXTO PÓS-ESTRUTURAL

uma leitura pela Teoria do Discurso de Laclau e Mouffe

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v15i2.64103

Palavras-chave:

Currículo., Pós-estruturalismo, Teoria do Discurso

Resumo

No presente artigo objetivamos apresentar o campo curricular em uma leitura pós-estrutural pós-fundacional, sob as lentes da Teoria do Discurso (TD) como proposta por Laclau e Mouffe. Por um caminho de revisão bibliográfica, dentro de uma pesquisa qualitativa, propomos uma apresentação perspectivada tanto da corrente de pensamento quanto da teoria empregada com fins de situar o currículo nessas bases. Neste exercício de revisão, lemos duas influentes obras sobre o Currículo, demonstrando como a perspectiva discursiva amplia as possibilidades de entendimento do elemento curricular em seus diferentes arranjos no tempo. Finalmente, concluímos que o currículo é discurso que significa a realidade e que essa significação está em constante disputa pela hegemonização do significado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Kleber Santos Chaves, Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Brasil.

Mestre pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, doutorando pela mesma instituição e professor de Filosofia na Rede Estadual de Educação Básica da Bahia.

Ana Cristina dos Santos Silva, Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Brumado, Bahia/Brasil.

Mestra em Ensino pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, doutoranda da mesma instituição e professora de Pedagogia na Rede Municipal de de Educaçã Básica do município de Brumado.

Benedito Gonçalves Eugênio, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Referências

ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos de estado. 3.ed. Lisboa: Editora Presença/Martins Fontes, 1980.

APPLE, Michael W. A política do conhecimento oficial: faz sentido a ideia de um currículo nacional? In: MOREIRA, Antonio Flávio; TADEU, Tomaz, (orgs.). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 12. ed., 2011.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), Parte IV - Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília, Ministério da Educação, 1999. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/cienciah.pdf Acesso em: 10 Mar. 2020

CHAVES, Kleber Santos. Sentidos de ensino de filosofia no currículo para o ensino médio no período de 2009 a 2019.Vitória da Conquista-BA: Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Programa de Pós Graduação em Ensino (PPGEn). Orientador: Benedito G. Eugênio, Dissertação (mestrado), 2021.

DERRIDA, Jaques. Escritura e diferença. São Paulo: Perspectiva, 1995.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 63. ed, 2017.

GRUSCHKA, Andreas. Frieza burguesa e educação: a frieza como mal-estar moral da cultura burguesa na educação. Campinas: Autores Associados, 2014

LACLAU, Ernesto. Emancipação e Diferença. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2010.

LACLAU, Ernesto; MOUFFE, Chantal. Hegemonia e estratégia socialista: por uma política democrática radical. São Paulo: Intermeios, 2015.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Mito e Significado. Lisboa (POR) Edições 70, 197

LOPES, Alice Casimiro. Teorias pós-críticas, política e currículo. Educação, Sociedade e Culturas, Porto (POR), n. 39, p. 7-23, 2013. Disponível em: https://www.fpce.up.pt/ciie/sites/default/files/02.AliceLopes.pdf Acesso em 30 mar. 2020

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011. Apoio: Faperj

LOPES, Alice Casimiro. MENDONÇA, Daniel de (Orgs). A teoria do discurso de Ernesto Laclau: ensaios críticos e entrevistas. São Paulo: Annablume, 2015.

LOPES, Alice Casimiro; OLIVEIRA, Anna Luiza A. R. Martins; OLIVEIRA, Gustavo Gilson Souza de (Orgs.). A teoria do discurso na pesquisa em educação. Recife: Editora UEPE, 2018.

KLIEBARD, Herbert M. Burocracia e teoria de currículo. Currículo sem Fronteiras, v.11, n.2, pp.5-22, Jul/Dez 2011 Disponível em: https://biblat.unam.mx/hevila/CurriculosemFronteiras/2011/vol11/no2/1.pdf Acesso em 30 mar. 2020

MENDONÇA, Daniel de. RODRIGUES, Léo Peixoto (Orgs.). Pós-estruturalismo e teoria do discurso: em torno de Ernesto Laclau. 2.ed. Porto Alegre: EdiPucRs, 2014.

MENDONÇA, Daniel de.; RODRIGUES, Léo; LINHARES, Bianca (Orgs). Ernesto Laclau e seu legado transdisciplinar. São Paulo: Intermeios, 2017.

PUCCI, B. ZUIN, A.; LASTÓRIA, L.A. (Orgs.). Teoria crítica e inconformismo: novas perspectivas de pesquisa. Campinas: Autores Associados, 2010.

SALES, Léa Silveira. Estruturalismo: história, definições, problemas. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis, n. 33, p. 159-188, jan. 2003. ISSN 2178-4582. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revistacfh/article/view/25371 Acesso em: 25 fev. 2020.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documento de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2 ed., 2005.

VILELA, Rita A. ; NOACK, Juliane. A pesquisa sociológica hermenêutica objetiva: novas perspectivas para a análise da realidade educacional e de práticas pedagógicas. Linhas Críticas, vol. 16, p.305-326, 2010. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/3618 Acesso em 21. jun. 2020.

VILELA, Rita A. T Teoria crítica e pesquisa empírica na educação: a metodologia hermenêutica objetiva para análise da escola contemporânea. In: PUCCI, B. ZUIN, A.; LASTÓRIA, L.A. (Orgs.). Teoria crítica e inconformismo: novas perspectivas de pesquisa. Campinas: Autores Associados, 2010.

VILELA, Rita A. T. Crítica e possibilidades da educação e da escola na contemporaneidade: lições de Theodor Adorno para o currículo. Educação em Revista, v.45, p.223-248, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/9PMf8RLhhRVMrdD9SjVkMkg/abstract/?lang=pt Acesso em 21. set. 2020.

VILELA, Rita A. T. Theodor Adorno: sobre educação e escola. Cadernos de Pesquisa Pensamento Educacional, v.8, p.101-120, 2013.

WILLIAMS, James. Pós-estruturalismo. São Paulo: Vozes, 2012. (Coleção pensamento moderno)

Downloads

Publicado

15-10-2022

Como Citar

CHAVES, K. S.; SILVA, A. C. dos S.; EUGÊNIO, B. G. O CURRÍCULO EM CONTEXTO PÓS-ESTRUTURAL: uma leitura pela Teoria do Discurso de Laclau e Mouffe. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 1–15, 2022. DOI: 10.15687/rec.v15i2.64103. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rec/article/view/64103. Acesso em: 25 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)