A PEDAGOGIA E A EDUCAÇÃO NOS ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES NA UNICENTRO/PARANÁ

uma construção curricular a partir das políticas educacionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v10i2.35144

Palavras-chave:

Pedagogia. Pedagogia Social. Espaços escolares e não escolares.

Resumo

O artigo contempla historicamente como o curso de Pedagogia veio se adaptando às políticas públicas e as evidências de atendimento às demandas socioculturais. Apresenta a discussão da pedagogia como campo de conhecimento apresentando a concepção da Pedagogia Social como alternativa para atender aos anseios do processo histórico-social-curricular, no qual se insere a educação.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Suzete Terezinha Orzechowski, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Brasil.

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Professora Efetiva no departamento de Pedagogia- Campus Sta Cruz- Guarapuava/Pr. 

Referências

AGUIAR, Marcia Angela da S. et all. Diretrizes curriculares do curso de Pedagogia no Brasil: disputas de projetos no campo da formação do profissional da educação. Educação e Socieddade. Campinas, vol. 27, n. 96 (Especial), p. 819-842, out. 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cp/v37n130/04.pdf>. Acesso em: 28 nov.2013.

BOURDIEU, Pierre. Campo de poder, campo intelectual. Buenos Aires: Montressor/Junga Simbólica, 2002.

______. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

______. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: UNESP, 2004.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação. São Paulo: Brasiliense, 2007.

CALIMAN, Geraldo. Entrevista consedida a Suzete Terezinha Orzechowski. Canoas: 3º Congresso Ibero-Americano de Pedagogia Social e XXIV Seminário Interuniversitário de Pedagogia Social, Entrevista, 19 out. 2011. [A entrevista encontra-sentranscrita nos anexos da tese de doutoramento]

______. Fundamentos teóricos e metodológicos da pedagogia social na Europa (Itália). In: Congresso Internacional de Pedagogia Social, 1., mar. 2006. Anais. São Paulo, 2006.

______. Pedagogia social na Itália. In: SOUZA NETO, João Clemente de et al. (Orgs.). Pedagogia social: contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão e Arte, 2009. v. 2.

______. Pedagogia social: contribuições para evolução de um conceito. In: SILVA et al. (Orgs.). Pedagogia social: contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão e Arte, 2011. v. 2.

______. Pedagogia Social: seu potencial crítico e transformador. Revista de ciências da educação, UNISAL, Americana, v. 12, n. 23, p. 341-368, 2º semestre 2010.

CARRERAS, Juan Saez; MOLINA, Jose Garcia. Pedagogía social: pensar la educación social como profesión. Madrid: Alianza, 2006.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Pedagogia como ciência da educação. São Paulo: Cortez, 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

______.Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

FREITAS, Luiz Carlos de. Uma Pós-Modernidade de Libertação: reconstruindo as esperanças. Campinas: Autores Associados, 2005.

GONZALEZ, Mario Viché. Una pedagogía de la cultura: la animación sociocultural. Zaragoza: Certeza, 2006.

______. La animación cibercultural. Zaragoza: Certeza, 2007.

______. La educación sociocultural. Zaragoza: Certeza, 2010.

GUILHERMETTI, Paulo. Educação e sensibilidade. Guarapuava: UNICENTRO, 2007.

GRACIANI, Maria Stela Santos. A pedagogia Social no trabalho com crianças e adolescentes em situação de rua. In: SILVA, Roberto et al. (Orgs.). Pedagogia Social: contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão e Arte, 2011. v. 2.

LIBANEO, José Carlos. Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissão docente. São Paulo: Cortez, 2003.

______. Pedagogia e pedagogos, para que? São Paulo: Cortez, 1999.

LÓPEZ-HERRERIAS, José Ángel. Educación para una cultura comunitaria: por una identidad metamoderna. Valencia: Nau Libres, 2005.

______. Entrevista concedida a Suzete Terezinha Orzechowski. Universidad Complutense de Madrid, 13 jun. 2012. [A entrevista encontra-sentranscrita nos anexos da tese de doutoramento]

______. Paradigmas y Métodos Pedagógicos para la Educación Social: la praxis pedagógica en educación social. Valencia: Nau Libres, 2000.

______ (Coord.). El educador social: líneas de formación y de actuación. Madrid: Guillermo Mirecki, 1995.

MACHADO, Evelcy Monteiro. Entrevista concedida a Suzete Terezinha Orzechowski. Curitiba, 30 nov. 2011. [A entrevista encontra-se transcrita nos anexos da tese de doutoramento]

______. A pedagogia social: reflexões e diálogos necessários. In: SOUZA NETO; SILVA; MOURA (Orgs.). Pedagogia social. São Paulo: Expressão e Arte, 2009.

______. Construção da identidade profissional do pedagogo social no Brasil. Revista virtual quadernsanimacio.net, Espanha, n. 17,p. 45-52, jan. 2013. Disponível em: <http://quadernsanimacio.net/ANTERIORES/diecisiete/pdfs/CONSTRU.pdf>. Acesso em: 14 abr 2016

______. Pedagogia, pedagogia social: educação não-formal. Tuiuti: Curitiba, 2010. Disponível em: <http://www.boaaula.com.br/iolanda/producao/me/pubonline/evelcy17art.html>. Acesso em: 15 ago. 2011.

______. Pedagogia social no Brasil: políticas, teorias e práticas em construção. In: EDUCERE, 9., 2009. Anais. Curitiba, 2009.

______. Pedagogia social: percursos, concepções e tendências. In: SILVA et al. (Orgs.). Pedagogia Social: contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão e Arte, 2011. v. 2.

MACHADO, Evelcy Monteiro; MACHADO, Larissa Monteiro. O campo de trabalho do educador social escolar e não escolar na organização da pedagogia social no Brasil. In: SIMPÓSIO ANPAE, 2011. Anais. 2011.

MARON, Neura Maria Weber. Reestruturação produtiva, escolarização fabril e inserção do pedagogo na fábrica. CRV: Curitiba, 2015.

MERINO, José. Entrevista concedida a Suzete Terezinha Orzechowski. Universidad Complutense de Madrid, 24 maio 2012. [A entrevista encontra-se transcrita nos anexos da tese de doutoramento]

NUNES, César. Educar para a emancipação. Florianópolis: Sophos, 2003.

PEREZ_SERRANO, Gloria. Pedagogia Social: educação social. Madrid: Narcea, 2010.

PIMENTA, Selma Garrido et al. (Orgs.). Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez, 2011.

REQUEJO-OSÓRIO, Augustin; CARIDE-GOMEZ, J. Antonio. La Formación de animadores: Universidad de Santiago de Compostela. In: IBAÑEZ, Ricardo Marin; PÉREZ-SERRANO, Gloria. La Pedagogia Social en la Universidad: realidad y prospectiva. Madrid: I.C.E./ UNED, 1986.

RIBAS MACHADO, Érico. A constituição da pedagogia social na realidade educacional brasileira. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.

SAVIANI, Dermeval. A Pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas: Autores Associados, 2008.

______. Educação: do senso comum à consciência filosófica. Campinas: Autores Associados, 2002

SILVA, Roberto et al. (Orgs.). Pedagogia Social: contribuições para uma teoria geral da educação social. São Paulo: Expressão e Arte, 2011. v. 2.

SHEIBE, leda. Diretrizes curriculares para o curso de pedagogia: trajetória longa e inconclusa. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, p. 43-62, jan./abr. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cp/v37n130/04.pdf>. Acesso em: 22 mai de 2013

SOUZA NETO, João Clemente de et al. (Orgs.). Pedagogia social. São Paulo: Expressão e Arte, 2009.

SUCHODOLSKI, Bogdan. A pedagogia e as grandes correntes filosóficas: a pedagogia da essência e a pedagogia da existência. São Paulo: Centauro, 1997.

VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Filosofia da práxis. Buenos Aires: CLACSO; São Paulo: Expressão Popular, 2007.

UCAR, Xavier. Entrevista concedida a Suzete Terezinha Orzechowski. 3º Congresso Ibero-Americano de Pedagogia Social e XXIV Seminário Interuniversitário de Pedagogia Social. Canoas, 20 out. 2011.

Downloads

Publicado

2017-08-31

Como Citar

ORZECHOWSKI, S. T. A PEDAGOGIA E A EDUCAÇÃO NOS ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES NA UNICENTRO/PARANÁ: uma construção curricular a partir das políticas educacionais. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 290–309, 2017. DOI: 10.15687/rec.v10i2.35144. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rec/article/view/rec.v10i2.35144. Acesso em: 25 out. 2021.