AS TECNOLOGIAS DIGITAIS E O DESENVOLVIMENTO DA CRIATIVIDADE HUMANA EM QUESTÃO

DIGITAL TECHNOLOGIES AND THE DEVELOPMENT OF HUMAN CREATIVITY IN QUESTION

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2019v28n3.46740

Palavras-chave:

Criatividade, Tecnologias, Educação

Resumo

O presente estudo, de abordagem hermenêutica, visa recuperar as dimensões da criatividade humana que servem para potencializar as tecnologias nas práticas educativas, reforçando a necessidade de uma educação que promova a participação coletiva e a renovação dos saberes, a fim de reconstruir os processos de ensino e aprendizagem. A valorização da criatividade caminha com os ideais pedagógicos de renovação das práticas educativas e pode ser concebida como um potencial humano que expande horizontes de recriação e não apenas de reprodução aplicada de conhecimentos técnicos, o que dificulta a mobilização do pensar e inibe a expressão criativa. Concluímos que por meio dos recursos tecnológicos em sala de aula é possível atuar e reconstruir projetos pedagógicos, diante das múltiplas possibilidades de aprender e produzir conhecimentos no âmbito social, transformando os contextos e manifestando os saberes necessários às práticas educativas com as tecnologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adilson Cristiano Habowski, Universidade La Salle

Mestrando em Educação pela Universidade La Salle - Canoas/RS, na linha de pesquisa: Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação. Possui o Ensino Médio na modalidade normal (magistério), com habilitação para atuar como professor nas áreas de Educação Infantil e Séries Iniciais (2014); Graduação em Teologia pela Universidade La Salle - Canoas/RS (2017) e Especialização em Docência no Ensino Superior: Práxis Educativa pela Universidade La Salle - Canoas/RS (2019). Tem experiência prática nas áreas de Educação Infantil, Séries Iniciais e na área de Pastoral Escolar, com ênfase em Formação humana. Tem interesse principalmente nos seguintes temas: filosofia das tecnologias; tecnologias e educação; teoria crítica; filosofia da educação; hermenêutica e educação; sexualidade, gênero e educação. Participante do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação - NETE/UNILASALLE/CNPq.

Elaine Conte, Universidade La Salle

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2012). Professora da Universidade La Salle - UNILASALLE, Canoas, atua no Curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação, Linha de Pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação. Líder do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq, com financiamento do CNPq e do Programa Primeiros Projetos da FAPERGS. Possui graduação em Pedagogia com habilitação em séries iniciais e matérias pedagógicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2003) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2005). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, teoria crítica, filosofia da educação, tecnologias digitais e educação, estética e performance, educação a distância. É membro do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade La Salle e do Grupo de Estudos sobre Filosofia da Educação e Formação de Professores - GEFFOP/CNPq coordenado pela professora doutora Catia Piccolo Viero Devechi (UnB).

Referências

ALENCAR, E. M. L. S. Criatividade. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1993.

ALENCAR, E. M. L. S. Como desenvolver o potencial criador e criatividade. São Paulo: Makron Books, 1996.

AMANTE, L. As tecnologias digitais na escola e na educação infantil. Pinhais, PR: Editora Melo, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais Ensino Médio - Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2012.

BOHM, D. Sobre a criatividade. Trad. Rita de Cássia Gomes. São Paulo: Ed. Unesp, 2011.

COUTINHO, L. M. Aprendizagem, tecnologia e educação a distância. Módulo I, v. 3. Eixo Integrador: Realidade Brasileira. Brasília: UnB, 2002.

FREIRE, P. Extensão ou Comunicação? Trad. Rosisca Darcy de Oliveira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 41. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

HABERMAS, J. Passado como futuro. Trad. Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1993.

HABERMAS, J. Técnica e Ciência como Ideologia. Trad. Artur Morão. Lisboa: Dom Quixote, 1994.

HABOWSKI, A. C.; CONTE, E.; TREVISAN, A. L. Por uma cultura reconstrutiva dos sentidos das tecnologias na educação. EDUCAÇÃO & SOCIEDADE, Campinas, v. 40, p. 1-15, 2019. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302019000100802&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 08 maio 2019.

KNELLER, G. F. Arte e ciência da criatividade. 4. ed. São Paulo: IBRASA, 1976.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999.

LIMA JUNIOR; A. S. de. Tecnologias inteligentes e educação: currículo hipertextual. Rio de Janeiro: Quartet; Juazeiro, BA: FUNDESF, 2005.

LUBART, T. Psicologia da Criatividade. Trad. Márcia Conceição Machado Moraes. Porto Alegre: Artmed, 2007.

MARTÍNEZ, A. M. Criatividade e saúde nos indivíduos e nas organizações. In: VIRGOLIM, A. R. (org.). Talento criativo. Expressão em múltiplos contextos. Brasília: Ed. UnB, pp. 53-64, 2007.

MARTÍNEZ, A. M. A criatividade na escola: três direções de trabalho. Linhas Críticas, v. 8, Brasília, junho-dezembro de 2002.

MARTÍNEZ, A. M. Criatividade, Personalidade e Educação. Campinas: Papirus, 2000.

MORAN, J. M. Ensino e aprendizagem inovadora com tecnologias audiovisuais e telemáticas. 8 ed. Campinas: Papirus, 2004.

MORAN, J. M. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá. 3. ed. Campinas, SP: Papirus, 2007.

SHAVININA, L. V. The international handbook on innovation. Oxford: Elsevier Science, 2003.

TAKAHASHI, T. (org.). Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Ministério da Ciência e Tecnologia, Brasília: MEC, 2000.

VALENTE, J. A. Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador. O papel do computador no processo ensino-aprendizagem. TV escola - Salto para o Futuro. Pedagogia de Projetos e Integração de Mídias. MEC: Secretaria de Educação a Distância, pp. 18-30, setembro 2005.

WESCHSLER, S. M. Criatividade: descobrindo e encorajando. Campinas, SP: Editora Psy, 2002.

Downloads

Publicado

2019-12-12

Como Citar

HABOWSKI, A. C.; CONTE, E. AS TECNOLOGIAS DIGITAIS E O DESENVOLVIMENTO DA CRIATIVIDADE HUMANA EM QUESTÃO: DIGITAL TECHNOLOGIES AND THE DEVELOPMENT OF HUMAN CREATIVITY IN QUESTION. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 28, n. 3, 2019. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2019v28n3.46740. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/46740. Acesso em: 27 jan. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO - CORPO, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS DIGITAIS