REAFIRMAÇÃO CRÍTICA DO CURRÍCULO A PARTIR DO REEXAME DAS TEORIAS CRÍTICAS GERAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13n3.44867

Palavras-chave:

Teorias críticas gerais, Teoria crítica do currículo, Emancipação subalterna.

Resumo

Este ensaio almeja, em respaldo à premente reorientação de uma centralidade crítica ao campo do currículo, compreender como as teorizações críticas gerais, sobretudo aquelas engendradas ao contexto brasileiro, contribuíram para reflexões ligadas às práticas curriculares. Destarte, especula famosos ensaios que, dentre o emaranhado de teorizações críticas que caracterizam o emergir da década de 1970, são na atualidade tidos como clássicos responsáveis pelas teorizações curriculares (especialmente críticas) eminentes desde suas publicações. Enfatiza, em esforço de síntese, a emergência de uma problematização que notabilize ideal emancipatório aos estratos sociais marginalizados, isto é, em jus a materialização de uma concepção curricular rente à necessidade de superação dos condicionantes segregacionistas que protagonizam e delineiam os conhecimentos constitutivos dos currículos nos sistemas escolares modernos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Júlio César Apolinário Maia, Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí, Brasil.

Mestrando em Educação pela linha de pesquisa Formação Humana e Fundamentos da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí (UFG-REJ). 

Guenther Carlos Feitosa de Almeida, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Brasil.

Doutor em Educação pela PUC-Goiás.  Professor do Instituto Federal de Goiás - Campus Inhumas, atuando com Educação Física no Ensino Médio integrado à Educação Profissional e na Pós Graduação Stricto Sensu em Educação Profissional e Tecnológica.

Referências

ALTHUSSER, Louis. A favor de Marx. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1979. 220 p.

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos do estado. Lisboa: Editorial Presença; São Paulo: Martins Fontes, 1970. 120 p.

ALVES, Joyce Amâncio de Aquino. A concepção de ideologia em Althusser e Gramsci: complementações e/ou divergências?. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 36., 2012, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia, Hotel Majestic/Monte Real Resort, n.p., 2012.

APPLE, Michael. Ideologia e currículo. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. 288 p. APPLE, Michael. A educação pode mudar a sociedade?. Petrópolis: Vozes, 2017. 312 p.

APPLE, Michael; AU, Wayne; GANDIN, Luís Armando. O mapeamento da educação crítica. In: APPLE, Michael; AU, Wayne; GANDIN, Luís Armando. (Orgs.). Educação crítica: análise internacional. Porto Alegre: ArtMed, 2011. p. 14-32.

AU, Wayne; APPLE, Michael. Repensando a reprodução: o neomarxismo na teoria da educação crítica. In: APPLE, Michael; AU, Wayne; GANDIN, Luís Armando. (Orgs.). Educação crítica: análise internacional. Porto Alegre: ArtMed, 2011. p. 100-113.

BAUDELOT, Christian; ESTABLET, Roger. Escola, a luta de classes recuperada. Revista Pós Ciências Sociais, São Luís, v. 11, n. 22, p. 198-214, jul./dez. 2014.

BOURDIEU, Pierre; PASSERON, Jean-Claude. A reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino. 4. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2011. 275 p.

BOWLES, Samuel; GINTIS, Herbert. La instrucción escolar en la américa capitalista. Madrid: Siglo XXI de España Editores, 1981. 384 p.

CONDE, Dirceu Cleber. Dois grandes períodos da concepção de ideologia. Working Papers em Linguística, Florianópolis, n. 3, p. 38-52, 1999.

GADOTTI, Moacir. História das idéias pedagógicas. 8. ed. São Paulo: Editora Ática, 2001. 319 p. LESSA, Sérgio; TONET, Ivo. Introdução à filosofia de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011. 124 p.

MALTA, Shirley Cristina Lacerda. Uma abordagem sobre currículo e teorias afins visando à compreensão e mudança. Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 6, n. 2, p. 340-354, maio/ago. 2013.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas (1845- 1846). São Paulo: Boitempo, 2007. 614 p.

MÓNICA, Maria Filomena. Correntes e controvérsias em sociologia da educação. Análise Social, Lisboa, v. 13, n. 52, p. 989-1001, 1977.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. Sociologia e Teoria Crítica do Currículo: uma introdução. In: MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; SILVA, Tomaz Tadeu da. (Orgs.). Currículo, Cultura e Sociedade. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2005. p. 7-38.

MOTTA, Luiz Eduardo; SERRA, Carlos Henrique Aguiar. A ideologia em Althusser e Laclau: diálogos (im)pertinentes. Revista Sociologia e Política, Curitiba, v. 22, n. 50, p.125-147, jun. 2014.

PUCCI, Bruno. Teoria crítica e educação: contribuições da teoria crítica para a formação do professor.

Espaço Pedagógico, Passo Fundo, v. 8, p. 13-30, 2001.

SAES, Décio Azevedo Marques de. A ideologia docente em A reprodução, de Pierre Bourdieu e Jean- Claude Passeron. Educação & Linguagem, v. 10, n. 16, p. 106-125, jul./dez. 2007.

SANTOS, Bianca Cristina dos. As principais contribuições de Pierre Bourdieu para a educação. In:

SEMINÁRIO NACIONAL UNIVERSITAS/BR: DÍVIDA PÚBLICA E EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL, 24.,2016, Maringá. Anais... Maringá, UEM, n.p., 2016.

SANTOS, Luan Bergston; MACHADO, Liliane Campos. O currículo: teoria, história e prática docente. In: CONGRESSO NORTE-MINEIRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 3., 2011, Montes Claros. Anais... Montes Claros, UNIMONTES, n.p., 2011.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 42 ed. Campinas: Autores Associados, 2012. 128 p.

SCHMIDT, Elizabeth Silveira. Currículo: uma abordagem conceitual e histórica. Publicatio UEPG: Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes, Ponta Grossa, v. 11, n. 1, p. 59-69, jun. 2003.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A sociologia da educação entre o funcionalismo e o pós-modernismo: os temas e os problemas de uma tradição. Em Aberto, Brasília, v. 9, n. 46, p. 3-12, abr./jun. 1990.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. 156 p.

STOER, Stephen Ronald. A genética cultural da “reprodução”. Educação, Sociedade & Culturas, Porto, n. 26, p. 85-90, 2008.

VAISMAN, Ester. Althusser: ideologia e aparelhos de estado – velhas e novas questões. Projeto História, São Paulo, n. 33, p. 247-269, dez. 2006.

Downloads

Publicado

2020-11-14

Como Citar

MAIA, J. C. A.; DE ALMEIDA, G. C. F. REAFIRMAÇÃO CRÍTICA DO CURRÍCULO A PARTIR DO REEXAME DAS TEORIAS CRÍTICAS GERAIS. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 649–661, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13n3.44867. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/44867. Acesso em: 7 dez. 2021.