PROCESSOS DE NEGOCIAÇÕES-ARTICULAÇÕES DE POLÍTICAS-PRÁTICAS CURRICULARES NO CENÁRIO PANDÊMICO DA COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v15i2.62480

Palavras-chave:

Práticas curriculares, Políticas curriculares, Articulações

Resumo

Este artigo tem por objetivo a análise de políticas curriculares mobilizadas nas práticas curriculares de professores/as dos anos iniciais do ensino fundamental no cenário pandêmico da COVID-19 em Caruaru, agreste pernambucano. Para isso, construímos, o percurso teórico-metodológico em negociação-articulação com a Teoria do Discurso (LACLAU; MOUFFE, 2015), centradas nas noções de negociação-articulação na construção dos sentidos de currículo, política e prática curricular (BORGES; LOPES, 2019; ALMEIDA et al., 2020). Utilizamos, formulário na plataforma do Google Forms®, e entrevista como instrumentos na produção dos dados. Como resultados, identificamos, processos de negociações-articulações na produção discursiva das práticas curriculares das professoras para além das influências dos materiais pedagógicos dos programas e planos de ensino enviados para desenvolvimento das aulas remotas, evidenciando, a emergência de políticas curriculares nas ações/decisões construídas cotidianamente considerando as necessidades pedagógicas digitais dos/as alunos/as.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Tamires Barros Veloso, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil

Mestre em Educação Contemporânea pela Universidade Federal de Pernambuco e pofessor da Rede Municipal de Ensino de Jaicós.

 

Lucinalva Andrade Ataíde de Almeida, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco e  Professora Associada pela mesma universidade.

 

Referências

ALMEIDA, Lucinalva Andrade Ataide de et al. Práticas curriculares-avaliativas: relações de interdependências no processo de significação. Debates em Educação, Maceió, v. 12, p. 431-451, dez. 2020. ISSN 2175-6600. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9936. Acesso em: 05 de fev. 2021.

BORGES, Verônica. Espectros da profissionalização docente nas políticas curriculares para formação de professores: um self para o futuro do professor. Orientadora: Alice Casimiro Lopes. 2015. 169 f. Tese (Doutorado em educação). Universidades do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UERJ_46cd4a7bb3c46df1d8c6f73e89f111e9. Acesso em: 06 ago. 2021.

BORGES, Veronica; LOPES, Alice Casimiro. O político e a política: implicações para formação docente. In: MACEDO, Elizabeth; MENEZES, Isabel. Currículo, política e cultura: conversas entre Brasil e Portugal. 5. ed. Curitiba: CRV, 2019.

BRASIL, Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/download-da-bncc. Acesso em: 23 jul. 2018.

BURITY, J. Desconstrução, hegemonia e democracia: o pós-marxismo de Ernesto Laclau. Recife: Fundaj, 1997. p. 1-21. Disponível em: http://biblioteca.clacso.edu.ar/Brasil/dipes-fundaj/20121129013954/joan7.pdf. Acesso em: 06 ago. 2021.

COSTA. Hugo Heleno; Talita Vidal, PEREIRA. Discursos curriculares em disputa pela significação do mundo: os acontecimentos e a suspensão das verdades. Currículo sem Fronteiras, v. 20, n. 3, p. 614-620, set./dez. 2020. Disponível em: https://www.curriculosemfronteiras.org/vol20iss3articles/apresentacao.pdf. Acesso em: 06 ago. 2021.

FERRAÇO, Carlos Eduardo. Práticas-políticas curriculares cotidianas como possibilidades de resistência aos clichês e à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Linhas Críticas, v. 23, n. 52, 2017, p. 524-537. ISSN: 1516-4896. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/19419. Acesso em: 06 ago. 2021.

FRANGELLA, R. C. P. Um Pacto curricular: Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa e o desenho de uma base comum. Educação em Revista (UFMG. Impresso), v. 32, p. 69-89, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/F7dSSNZJbVL47fbccvpGBqj/abstract/?lang=pt. Acesso em: 06 ago. 2021.

FRANGELLA, R. C. Essa é sua pasta e sua turma: inserção de professoras na rede pública de ensino e suas implicações curriculares. Revista e-Curriculum, v. 2, n. 11, p. 573-593, jul./dez. 2013. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/8202. Acesso em: 06 ago. 2021.

FRANGELLA, Rita de Cássia Prazeres; CARVALHO, Janete Magalhães. Apresentação da seção temática políticas e práticas curriculares: diferentes Perspectivas de análise. Currículo sem Fronteiras, v. 13, n. 3, p. 340-345, set./dez. 2013. Disponível em: https://www.curriculosemfronteiras.org/vol13iss3articles/apresentacao.pdf. Acesso em: 06 ago. 2021.

FRANGELLA, Rita de Cássia Prazeres. Formação de professores em tempos de BNCC: um olhar a partir do campo do currículo. Revista da ANFOPE Formação em Movimento. v. 2, n. 4, p. 380-394, 2020. Disponível em: http://costalima.ufrrj.br/index.php/FORMOV/article/view/611. Acesso em: 06 ago. 2021.

IQE – INSTITUTO QUALIDADE NO ENSINO. Programas. 2017. Disponível em: http://www.iqe.org.br/programas/programas.php. Acesso em: 29 maio. 2021.

LACLAU, Ernesto.; MOUFFE, Chantal. Hegemonia e estratégia socialista: por uma política democrática radical. São Paulo: Intermeios, 2015.

LACLAU, E. Emancipação e Diferença. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2011.

LOPES, Alice Casimiro. Políticas curriculares: continuidade ou mudança de rumos? Revista Brasileira de Educação, n. 26, maio/Jun/Jul/Ago. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/bjF9YRPZJWWyGJFF9xsZprC/?lang=pt. Acesso em: 06 ago. 2021.

LOPES, Alice Casimiro. Ainda é possível um currículo político? In: LOPES, Alice Casimiro; ALBA, Alicia de. Diálogos curriculares entre Brasil e México. Pesquisas em Educação. Rio de Janeiro. EdUERJ, 2014. p.43-62.

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

LOPES; Alice Casimiro; MENDONÇA, Daniel de.; BURITY, Joanildo. Título. In: LACLAU, Ernesto.; MOUFFE, Chantal. Hegemonia e estratégia socialista: por uma política democrática radical. São Paulo: Intermeios, 2015.

MACEDO, Elizabeth. #Stayathome #Fiqueemcasa: Opportunities for new governances of public education in Brazil. Prospects, v. 50, p. 10-22, 2021. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33531718/. Acesso em: 06 ago. 2021.

MAGALHÃES, Priscila Maria Vieira dos Santos. As artes de fazer da avaliação fabricadas no cotidiano escolar: um olhar para as táticas avaliativas dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental. (165 f.). Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação Contemporânea, Universidade Federal de Pernambuco – Campus Acadêmico do Agreste, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/30885. Acesso em: 06 ago. 2021.

MELO, Maria Julia Carvalho de. Ações articulatórias nos movimentos de recriação das práticas curriculares coletivas dos professores do ensino fundamental. Orientadora: Lucinalva Andrade Ataíde de Almeida. 2019. 238 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/35261. Acesso em: 10 ago. 2021.

MELO, Maria Júlia Carvalho de; ALMEIDA, Lucinalva Andrade Ataíde de; LEITE, Carlinda. Sentidos atribuídos ao significante prática curricular nas produções científicas da ANPEd. Revista portuguesa de educação, v. 31, p. 215-231, 2018. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/13632. Acesso em: 10 ago. 2021.

MENDONÇA, Daniel de. O limite da normatividade na teoria política de Ernesto Laclau. Lua Nova, São Paulo, 91, 2014a. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ln/a/B36tLYVLnzjVNYYCXq96w9J/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 10 ago. 2021.

MENDONÇA, Daniel de. A impossibilidade da emancipação: notas a partir da teoria do discurso. In: MENDONÇA, Daniel de; RODRIGUES, Léo Peixoto. Pós estruturalismo e Teoria do Discurso: em torno de Ernesto Laclau. 2. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014b.

MELO, Maria Júlia Carvalho de; ALMEIDA, Lucinalva Andrade Ataíde de; LEITE, Carlinda. Práticas curriculares coletivas de professores do 1º ciclo da Educação Básica de Portugal. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 4, p. 2006-2021, out./dez. 2020. e-ISSN: 1982-5587. DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v15i4.12714.

MOUFFE, Chantal. Sobre o político. São Paulo: Editora WMF Martins Fonte, 2015.

NASCIMENTO, Kamila. Ernesto Laclau para iniciantes. Fortaleza: Kamila Nascimento, 2020. E-book.

OLIVEIRA, Gustavo Gilson Sousa de. Provocações para aguçar a imaginação/invenção analítica: aproximações entre teoria política do discurso e análise do discurso em educação. In: LOPES, Alice Casimiro; OLIVEIRA, Anna Luiza Martins de; OLIVEIRA, Gustavo Gilson de. (org.). A Teoria do Discurso na Pesquisa em Educação. Recife: Editora da UFPE, 2018, v. 1, p. 169-216.

SEDUC. PROJETO AULA EM CASA CARUARU. 2020. Disponível em: CARUARU. Site oficial da Prefeitura (2017). Disponível em: https://www.caruaru.pe-.gov.br/sobre-caruaru. Acesso em: 20 nov. 2020.

SILVA, Maria Angélica da. Práticas de traduções curriculares docentes: rastros do currículo da formação de professores. Orientadora: Lucinalva Andrade Ataíde de Almeida. 2020. 258f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/37716. Acesso em: 10 ago. 2021.

SILVA, Maria Angélica da; GONÇALVES, Crislainy de Lira; ALMEIDA, Lucinalva Andrade Ataide de. Sentidos de Prática Curricular: uma construção cotidiana. In: LEITE, Carlinda et. al. Currículo, Avaliação, Formação e Tecnologias educativas (CAFTe): Contributos teóricos e práticos. Porto – Portugal, Ed. CIIE; FPCE; UP, 2018, E-book, ISBN: 978-989-8471-32-1. Disponível em: https://www.fpce.up.pt/cafte/1cafte/assets/Ebook_CAFTe2018.pdf. Acesso: 10 ago. 2021.

SIMPLIFICA. 2021. Disponível em: https://www.amplifica.me/simplifica/. Acesso: 29 maio. 2021.

Downloads

Publicado

15-10-2022

Como Citar

VELOSO, T. B.; ALMEIDA, L. A. A. de . PROCESSOS DE NEGOCIAÇÕES-ARTICULAÇÕES DE POLÍTICAS-PRÁTICAS CURRICULARES NO CENÁRIO PANDÊMICO DA COVID-19. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 1–16, 2022. DOI: 10.15687/rec.v15i2.62480. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/62480. Acesso em: 19 maio. 2024.