CURRÍCULOS, DOCÊNCIA E COTIDIANOS

possibilidades emancipatórias em tempos de regulação autoritária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13n3.56134

Palavras-chave:

Cotidianos, Currículos, Resistências

Resumo

A presente proposta de dossiê temático tem como objetivo promover um debate em torno das relações que se estabelecem entre políticas educacionais oficiais e políticaspráticas cotidianas (OLIVEIRA, 2013), entendendo que essas últimas modificam, reinventam e usam a seu modo (CERTEAU, 1994) aquilo que lhes é dado para consumo. Compreendendo com Ball (2016) que as políticas educacionais não são implementadas nem aplicadas, mas sim encenadas nas escolas pelos seus praticantespensantes (OLIVEIRA, 2012), buscamos neste dossiê demonstrar, por meio daquilo que nos trazem os diferentes autores, que os processos de regulação autoritária desenvolvidos no país desde 2016 não são, e não poderiam ser, capazes de apagar a riqueza de possibilidades e de criações curriculares que se colocam nas diferentes realidades e são objeto de reflexões teóricas distintas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Inês Barbosa de Oliveira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Universidade Estácio de Sá, Brasil.

Doutora em Sciences Et Théories de L'éducation - Université de Sciences Humaines de Strasbourg. Professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e professora adjunta do Programa de pós-graduação em Educação da Universidade Estácio de Sá.

Patrícia Raquel Baroni, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

Doutora em Educação formada pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo e Mestre em Educação formada no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, Professora Adjunta do Departamento de Didática da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 

Referências

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de. Currículo e processos de aprendizagemensino: políticaspráticas educacionais cotidianas. Currículo

sem Fronteiras, v. 13, n. 3, p. 375-391, set./dez. 2013.

OLIVEIRA, Inês B. O Currículo como criação cotidiana. Petrópolis, RJ: DP et Alli, 2012.

SANTOS, Boaventura de Sousa (org.) Conhecimento prudente para uma vida decente: um discurso sobre as ciências revisitado. São Paulo: Cortez, 2004.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela Mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 1995.

Downloads

Publicado

2020-11-10

Como Citar

OLIVEIRA, I. B. de .; BARONI, P. R. CURRÍCULOS, DOCÊNCIA E COTIDIANOS: possibilidades emancipatórias em tempos de regulação autoritária. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 341–344, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13n3.56134. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/56134. Acesso em: 7 dez. 2021.