POLÍTICAS CURRICULARES DE EDUCAÇÃO BÁSICA

recontextualização da BNCC no território de Santa Catarina

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n1.56496

Palavras-chave:

Currículo, Política Curricular, Currículo do Território Catarinense, BNCC

Resumo

No texto, apresenta-se a sistematização da fala do autor em mesa de trabalho no IX Colóquio de Currículo e Práticas Curriculares promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Curriculares (GEPPC) da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Paraíba em novembro de 2020. O tema da intervenção foi a implantação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC em Santa Catarina - movimento que no estado está sendo denominado Implantação do Currículo Base do Território Catarinense. Os pontos de destaque e que orientam a organização do presente artigo são respectivamente: uma breve análise da política curricular brasileira e catarinense, ambas vistas como alinhadas aos discursos internacionalizantes de uma agenda transnacional reformista; a mobilização do pensamento internacional privatista na produção da BNCC no Brasil, e finalmente aspectos da recontextualização dos textos da BNCC no território catarinense. Afirma-se que Santa Catarina faz eficientemente sua tarefa institucional/normativa, acolhendo a lógica da política curricular nacional, com alguma manifestação de crítica e resistência oriundas especialmente dos espaços da academia e sindical.   

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Juares da Silva Thiesen, Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Doutor em Educação e Professor da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

BALL, Stephen J. Educação Global S.A. novas redes de políticas e o imaginário neoliberal. Tradução de Janete Bridon. Ponta Grossa, Brasil: UEPG, 2014.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETRÁRIOS DE EDUCAÇÃO – CONSED. Coletânea de Materiais. Frente currículo e novo ensino médio do CONSED, 2020. Disponível em: http://www.consed.org.br/consed/gt-ensino-medio/documentos-do-ensino-medio. Acesso em: 23 nov. 2020.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETRÁRIOS DE EDUCAÇÃO - CONSED. Santa Catarina sedia primeira audiência pública da BNCC do Ensino Médio nesta sexta-feira, 11. Notícias, maio, 2018a. Disponível em: http://www.consed.org.br/central-de-conteudos/santa-catarina-sedia-primeira-audiencia-publica-da-bncc-do-ensino-medio-nesta-sexta-feira-11. Acesso em: 20 nov.2020.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETRÁRIOS DE EDUCAÇÃO - CONSED. Secretário de Educação Básica do MEC conhece boas práticas de escolas da Grande Florianópolis. Notícias, agosto, 2019. Disponível em: http://www.consed.org.br/central-de-conteudos/secretario-de-educacao-basica-do-mec-conhece-boas-praticas-de-escolas-da-grande-florianopolis-5. Acesso em 14 nov.2020.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETRÁRIOS DE EDUCAÇÃO- CONSED. Governador e secretário da Educação de SC são agraciados com Ordem Nacional do Mérito Educativo. Notícias, março, 2018b. Disponível em: http://www.consed.org.br/central-de-conteudos/governador-e-secretario-da-educacao-de-sc-sao-agraciados-com-ordem-nacional-do-merito-educativo. Acesso em: 15 nov. 2020.

CÓSSIO, Maria de Fátima. A nova gestão pública: alguns impactos nas políticas educacionais e na formação de professores. Educação (Porto Alegre), v. 41, n. 1, p. 66-73, jan.-abr. 2018.

DALE, Roger. A sociologia da educação e o estado após a globalização. Campinas, Educação e Sociedade, v. 31, n. 113, p. 1099-1120, out/dez. 2010.

DALE, Roger. Globalização e educação: demonstrando a existência de uma “cultura educacional mundial comum” ou localizando uma “agenda globalmente estruturada para a educação”? Campinas: Educação e Sociedade, v.25, n.87, p. 423-460, 2004.

LOPES, Alice CASIMIRO. Apostando na produção contextual do currículo. In: Aguiar, Márcia Angela & Dourado, Luiz Fernandes. A BNCC na contramão do PNE 2014 -2024. Goiânia, ANPAE, 2018.

MELO Alessandro e MAROCHI, Ana Claudia. Cosmopolitismo e performatividade: categorias para uma análise das competências na Base Nacional Comum Curricular. Belo Horizonte: Educ. rev. vol. 35, 2019.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto 10.502, setembro, 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-n-10.502-de-30-de-setembro-de-2020-280529948. Acesso em: 30 nov.2020.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT (OECD). Definition and Selection of Competencies: Theoretical and Conceptual Foundations DeSeCo. 2001. Disponível em: http://www.oecd.org. Acesso em: 10 jun. 2020.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT (OECD). Future of Education and Skills 2030: Conceptual learning framework - Student Agency For 2030. OCDE, 2019. Disponível em: http://www.oecd.org. Acesso em: 12 mai. 2020.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT (OECD). The definition and selection of key competences: executive summary. 2005. Disponível em: https://www.oecd.org. Acesso em: 10 jun. 2020.

SAHLBERG Pasi. The Global Educational Reform Movement and Its Impact on Schooling. In: MUNDY Karen et all. The Handbook of Global Education Policy. Wiley-Blackwell, 2016.

SANTA CATARINA. Conselho Estadual de Educação. CEE, 2019c. Orientações para a implantação do Currículo Base da Ed Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense.

SANTA CATARINA. Conselho Estadual de Educação. Parecer 117/2019/ CEE/SC. CEE, 2019a. Disponível em: http://www.cee.sc.gov.br/index.php/curriculo-base-do-territorio-catarinense. Acesso em: 20 nov.2020.

SANTA CATARINA. Conselho Estadual de Educação. Resolução 070/2019 do CEE/SC. CEE, 2019b. Disponível em: http://www.cee.sc.gov.br/index.php/curriculo-base-do-territorio-catarinense. Acesso em: 22 nov.2020.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Educação. Secretário da Educação será empossado conselheiro do CNE. Imprensa. 08 de julho de 2016. Disponível em: http://www.sed.sc.gov.br/secretaria/imprensa/noticias/27288-secretario-da-educacao-sera-empossado-conselheiro-do-cne. Acesso em: 02.10.2020.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Educação. Currículo Base do Território Catarinense. CEE, 2019. Disponível em: http://www.cee.sc.gov.br/index.php/curriculo-base-do-territorio-catarinense. Acesso em: 20 nov.2020.

SILVA, Mônica Ribeiro da. A BNCC da reforma do ensino médio: O resgate de um empoeirado discurso. Belo Horizonte: Educação em Revista, v.34, e214130, 2018.

STEINER-KHAMSI, Gita. Globalization in Education: Real or imagined? In: STEINER-KHAMSI Gita. (Org). The politics of educational borrowing and lending. New York: Teachers College Press, 2004.

STEINER-KHAMSI, Gita. Knowledge-Based Regulation and the Politics of International Comparison. Nordisk Pedagogik, v.29, p. 61–71, 2009.

STEINER-KHAMSI, Gita. Reterritorializing educational import: explorations into the politics of educational borrowing. In: NÓVOA, António. e LAWN, Martin. (Orgs). Fabricating Europe: the formation of an education space. London: Kluwer, 2002.

STEINER-KHAMSI, Gita. The economics of policy borrowing and lending: a study of late adopters. Oxford Review of Education, n.5, p. 665-678, 2006.

THIESEN, Juares da Silva. Currículos da educação básica brasileira: convergências com o discurso educacional global em contextos de internacionalização. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. 2, p. 420-436, abr./jun., 2019.

THIESEN, Juares da Silva. Política curricular: discursos, contextos e práticas. Curitiba: Editora CRV, 2013.

THIESEN, Juares da Silva. Quem girou as chaves da internacionalização dos currículos na Educação Básica? Educação em Revista, Belo Horizonte, v.34, 2018.

Downloads

Publicado

2021-03-24

Como Citar

THIESEN, J. da S. POLÍTICAS CURRICULARES DE EDUCAÇÃO BÁSICA: recontextualização da BNCC no território de Santa Catarina. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 1–9, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n1.56496. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/56496. Acesso em: 13 maio. 2021.