TEORIA DA BIBLIOTECA 2.0: Web 2.0 e suas implicações para as bibliotecas

  • Jack M. Maness
Palavras-chave: WEB 2.0, BIBLIOTECA 2.0 BLOG, WIKI, STREAMING MEDIA, REDES SOCIAIS, TAGGING, RSS, MASHUP

Resumo

Este artigo firma uma definição e uma teoria para “Biblioteca 2.0”. Ele sugere que o pensamento recente sobre a mudança da Web como “Web 2.0” terá implicações substanciais para as bibliotecas, e reconhece que enquanto essas implicações mantiverem-se próximas da história e da missão das bibliotecas, elas ainda necessitarão de um novo paradigma para a biblioteconomia. O artigo aplica a teoria e a definição para a prática da biblioteconomia, especificamente discutindo como as tecnologias Web 2.0, como mensagens síncronas e streaming media, blogs, wikis, redes sociais, tagging, alimentadores RSS, e mashups podem forçar mudanças no modo como as bibliotecas oferecem acesso a suas coleções e o suporte ao usuário para tal acesso.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Maness, J. M. (1). TEORIA DA BIBLIOTECA 2.0: Web 2.0 e suas implicações para as bibliotecas. Informação & Sociedade: Estudos, 17(1). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/831
Seção
Artigos de Revisão